NORDESTINA[

topoProgramacao

FESTIVAL DE ANIMAÇÃO E GAMES - MOSTRAS COMPETITIVAS

Período de curadoria de animações e games de 15 de março a 14 de abril de 2021.


Resultado da seleção da curadoria de 39 obras de animação e 10 obras de games para a mostra competitiva em 19 de abril de 2020.

São sete categorias: Melhor Curta Animação Nacional, Melhor curta de Animação Baiano, Melhor Longa, Melhor série, e 03 Prêmios destaque da diversidade na Animação.
Inscrições de 15 de março a 14 de abril
São seis categorias: Melhor Jogo Nacional / Melhor Jogo Baiano / Melhor Arte / Melhor Game Designer / Melhor Áudio e Prêmio Destaque da Diversidade do Game.
Na Sessão de premiação serão revelados os vencedores da Mostra Competitiva de Animação e Games. Nesta sessão teremos a presença da curadoria das mostras, júri técnico e os indicados aos prêmios das mostras competitivas de animação e games, com transmissão ao vivo via portal e Youtube.

Curadoria da Premiação de Animação:
Aline Cléa Sousa, Anderson Soares Caldas e Leonardo Silva

Curadoria da Premiação de Games:
Ernani Rocha

WEBNÁRIOS: De 06 a 10 de abril de 2021 

Inscrições: De 22 de março até 10 de abril de 2021


Na mesa O Consumo de Games x A produção e Internacionalização vamos discutir a produção de Jogos Digitais e como a academia vem conquistando espaços importantes na formação de pesquisadores que contribuem diretamente para o desenvolvimento deste mercado, também vamos trazer realizadores de games que vem ao longo dos anos publicando jogos digitais, quais são os caminhos que eles buscam para a internacionalização. E vamos falar também sobre o consumo de Games tendo na mesa um dos mais expressivos eventos dedicado a este público no estado.    Lynn Alves – Professora e pesquisadora do Instituto de Humanidades, Artes e Ciência - IHAC – UFBA e Coordena o grupo de Pesquisa Comunidades Virtuais - UFBa Uilson Fernandes - Elderand  Victor Cardozo - Aoca Game Lab Ricardo Silva - Gamepolitan Mediador (a): Ana Antar   Sobre os Webseminaristas:   Lynn Alves é professora e pesquisadora do Instituto de Humanidades, Artes e Ciência - IHAC – UFBA e bolsista de Produtividade Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora do CNPq - Nível 2. Doutora em Educação pela Universidade Federal da Bahia, realizou pós-doutorado na área de jogos eletrônicos e aprendizagem pela Università degli Studi di Torino, na Itália. Coordena o grupo de Pesquisa Comunidades Virtuais - UFBa e as publicações do grupo podem ser encontradas no site www.comunidadesvirtuais.pro.br   Uilson Fernandes é criador e diretor do Game Elderand. Atua há mais de 10 anos na área da  comunicação visual, com experiência em agências, startups e produtora de games.   Victor Cardozo é Diretor de Arte na Aoca Game Lab. Começou sua carreira trabalhando para estúdios de publicidade, depois de trabalhar por 3 anos, decidiu em 2013 que mudaria totalmente sua  carreira e fundou a Contra Labs, desenvolvendo aplicativos e games mobiles. Em 2016 teve a chance de começar a trabalhar na Aoca Game Lab como Diretor de Arte na franquia do game Árida. Trabalhou em mais de 20 projetos para mais de 5 empresas, incluindo animações, produções web, game art, direção de artística, projetos para tv e publicidade e propaganda. Tem experiência profissional com Ui e Ux Design, Motion Graphics, Modelagem, Rigging, Animação e Rendereing. É um desenvolvedor híbrido, atuando com arte e programação, e professor na Instituição Senac e uma das lideranças da BIND – Bahia Indie Game Developers.   Ricardo Silva é Designer com especialização em gestão de eventos, é diretor da 42, 1ª agência da Bahia especializada em experiências ligadas à cultura pop, tecnologia e jogos. Atua no mercado de eventos há 18 anos organizando o Anipólitan e há 9 anos realizando a maior feira de jogos do norte-nordeste, o Gamepólitan. Foi palestrante da TEDX Pelourinho em 2015 e curador de conteúdo em Games da Campus Party Bahia em 2017 e 2018. Sua longa dedicação ao cenário de entretenimento geek na Bahia contribuiu para surgimento de diversas oportunidades de negócios ligados ao setor.   Mediadora: Ana Antar é Co-fundadora da ERA Game Studio, empresa responsável pela criação do primeiro Live Game do mundo. É organizadora nacional da Women Game Jam. Diretora Teatral formada pela UFBA, Pós Graduada em Game Design pela UNEB, desenvolvedora de jogos, gerente de projetos, roteirista, produtora e articuladora cultural. Apresenta um programa semanal em seu canal do youtube, onde aborda o dia a dia de ser game dev e busca horizontalizar e desmistificar o conhecimento acerca do desenvolvimento de jogos. Declaradamente feminista e antirracista, trabalha para que tenhamos uma indústria mais acessível e menos desigual. O Consumo de Games

Inscreva-se

A importância da diversidade no mercado cultural e audiovisual, as barreiras para contemplar a diversidade na animação e no mercado de games. A significância da representatividade nos espaços culturais nos palcos e nas telas do nosso país e a conquista de espaços de forma mais legítima a nossa identidade, serão os assuntos abordados nesta mesa.   Juca Ferreira - Sociólogo Débora Ivanov – Fórum Nacional de Lideranças Femininas no Audiovisual Alessandra Novaes - EPA - Produtores Executivos Associados Silvani Neri - BDS Labs Anderson Mahanski - Super Drags Netflix  Mediador: Póla Ribeiro - Cineasta e Diretor do Museu de Arte Moderna da Bahia   Sobre os Webseminaristas:   Juca Ferreira é sociólogo com trajetória profissional dedicada à vida política e às ações sociais, culturais e ambientais. Foi líder estudantil secundarista, foi eleito presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) no dia em que foi decretado o AI-5. Após dois anos deixou o curso de História da Universidade Federal da Bahia e ingressou na resistência ao regime militar. Passou nove anos exilado no Chile, na Suécia e na França. Estudou Línguas Latinas na Universidade de Estocolmo, na Suécia, e Ciências Sociais na Universidade Paris 1 - Sorbonne, na França, onde se formou. Foi algumas vezes vereador em Salvador, Secretário do Meio Ambiente do Município de Salvador, vice-presidente da Fundação OndAzul e representante da sociedade civil na elaboração da Agenda 21 Nacional. Por mais de cinco anos foi Secretário Executivo durante a gestão de Gilberto Gil no Ministério da Cultura e, em 2008, foi convidado pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a assumir o cargo de Ministro de Estado da Cultura, ficando à frente do MinC até o final de seu Governo. Durante os anos de 2011 e 2012 esteve como embaixador especial na Secretaria Geral Ibero-Americana, em nome de quem coordenou a realização do Ano Internacional dos Afrodescendentes, evento da ONU.  Entre 2013 e 2014, Juca Ferreira ocupou o cargo de secretário da Secretaria de Cultura do Município de São Paulo na gestão Fernando Haddad. Reconduzido ao cargo de Ministro de Estado da Cultura do Brasil: janeiro de 2015 a maio de 2016. Secretário de cultura do Município de Belo Horizonte na gestão Alexandre Kalil no período de agosto de 2017 a dezembro de 2019.   Débora Ivanov - É advogada, fundadora do + Mulheres, Lideranças no Audiovisual Brasileiro e presidente do conselho do Instituto Querô. Foi sócia da Gullane Entretenimento, diretora executiva do Sindicato da Indústria do Audiovisual do Estado de São Paulo - SIAESP, membro do conselho da SPCINE, membro do Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual e diretora da ANCINE.   Alessandra Novaes Produtora Audiovisual atuante na produção executiva, de campo e impacto. Fundadora da produtora brasileira independente “Nina Produções Artísticas”. Colaborou na fundação da TV Kirimurê (Canal 10.2) , é produtora do Cine Arts Projeto de Extensão – UNEB, e assina trabalhos com as produtoras  Mantra Filmes, Cine Artes, Ori Imagem e Som, Salamandra Produções, além de fazer parte como membro da Coordenação da FMAN - Frente Marginal de Arte Negra. Silvani Neri é Head da BDS Labs; CEO da Lab#108; organizadora de game jams como a GJ+ Recife e São Luís (2020) e Salvador (2021); da Salvador Diversa sede de diversidade da Global Game Jam (2021); WGJ Salvador (2018, 2019); palestrante, consultora e mentora da indústria de games; mentora de aprendizagem criativa do Instituto Anísio Teixeira; curadora de conteúdo dos festivais Gamepólitan, Anipólitan e Literogames; coordenadora geral da Oficinas Lúdicas. Co-autora do curso de Criação de Histórias Entre o Sertão e o Mar onde você cria mini jogos de RPG enquanto joga, além de diversos outros cursos de criação, desenvolvimento e aplicação de jogos.   Anderson Mahanski criador das SUPER DRAGS (Netflix) e da ANY MALU (Cartoon Network). Produtor Executivo Criativo, Diretor, Animador, Concept Artist e Escritor. Atua no Audiovisual Brasileiro há 21 anos, tendo no currículo os longa-metragens XUXINHA E GUTO CONTRA OS MONSTROS DO ESPAÇO, TURMA DA MONICA - UMA AVENTURA NO TEMPO, e séries como MEU AMIGÃOZÃO, SÍTIO DO PICA PAU - AMARELO, entre outros.  Mediador - Pola Ribeiro: O comunicador e cineasta, diretor do Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM). Foi secretário do Audiovisual no Ministério da Cultura, e diretor do IRDEB. Diversidade no Mercado
Nesta mesa vamos discutir as Políticas públicas para o mercado de Animação e Games com os gestores do estado e município. Daniela Fernandes - Diretora DIMAS - SECULT - BA Fernando Guerreiro - Presidente da FGM Sócrates Santana - Coordenador Executivo da Coordenação de Articulação Institucional (CAI) - SECTI Handerson Leite - Diretor de Inovação - FAPESB Mediador: Leonardo Silva - GAMA   Daniela Fernandes - Bacharela em Direito pela Universidade Católica do Salvador e bacharelanda em Cinema e Audiovisual pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Daniela Fernandes é a diretora de Audiovisual, da Fundação Cultural do Estado/SecultBA. Foi produtora executiva na Griot Filmes e sócia fundadora do Laboratório Audiovisual, que estruturou a plataforma de mercado NordesteLAB. Trabalhou em diversos eventos cinematográficos e em produções de curta e longa-metragem.   Fernando Guerreiro é diretor teatral, gestor e radialista. Um dos maiores responsáveis pela popularização e retomada do teatro baiano, além de ser um grande descobridor de talentos no teatro, na televisão e no cinema. Guerreiro já dirigiu mais de 60 espetáculos teatrais em 40 anos de carreira, com destaque para “A Bofetada”,”Vixe Maria! Deus e o Diabo na Bahia”, ”Os Cafajestes” e está em cartaz com “De Um Tudo”, comédia musical que faz uma sátira divertida sobre o modo de ser do baiano. É um dos apresentadores do programa de rádio Roda Baiana, revista diária que trata de cultura e comportamento, de segunda à sexta-feira, às 13h, na Rádio Metrópole. Desde 2013, é presidente da Fundação Gregório de Mattos, em Salvador, na Bahia. Em seu sexto ano à frente da FGM, Guerreiro situou Salvador entre as capitais que mais avançaram na política cultural nesta década.   Sócrates Santana é Coordenador Executivo da Coordenação de Articulação Institucional (CAI) - SECTI   Handerson Leite é Professor titular aposentado do Instituto Federal da Bahia (IFBA) e atualmente ocupa a função de Diretor Científico e de Inovação da FAPESB. Possui formação em eletrônica, biomédica, pedagogia profissional e saúde pública   Mediador - Leonardo Silva É o fundador da @mantrafilmes , é publicitário de formação, diretor, roteirista e produtor audiovisual, presidente da Associação dos Produtores de Animação e Games - GAMA, atua no mercado audiovisual com produções de animação, documentário, ficção e game, projetos dedicados para todos os públicos, dos quais destacamos: “A Turma do Pula-Pula – Série de animação de clips infantis em exibição no Zoo Moo e Sucesso no youtube”; @pedroeapedrasecreta - série de animação 3D em produção, 6 Ep. 22min(Prodav 01/2013)”; “I.N.U.T.H.E.I.S. - série Infanto-juvenil de 13 Ep. De 26 minutos desenvolvida (PRODAV 05/2015)”; “Floradas - Na Trilha da Agroecologia – série de documentário em produção de 08 Ep. 26min (Prodav 02/2016)”; “O Portão Mágico – série de animação infantil 3D para exibição nas TV`s Públicas”; Como Produtor Executivo: “Reino da Bahia – Série de ficção (comédia) com 13 Ep. De 15 min. Em desenvolvimento (Edital Setorial do audiovisual – Secult/Ba - FSA)”; “Xiré – Série de animação (adulta) com 08 Ep. De 22 min. Em desenvolvimento (Edital Setorial do audiovisual – Secult/Ba - FCBA)”; “Elderand – Game em produção em parceria com a Sinergia Games”. Políticas pÚblicas no Mercado de Animação e Games
Esta mesa dedicada aos produtores e realizadores de animação irá apresentar o que o Canal Futura, a Wolo TV e o VRT Channel esperam e buscam quando se fala em conteúdo de animação para a grade de programação. A importância que animação tem em sua grade e como os produtores e realizadores da Bahia e do Nordeste podem fazer para apresentar seus conteúdos para estes plays e terem janela de exibição para as suas animações.    Ludmila Figueiredo Canal Futura Licínio Januário - Wolo.tv Drica Lopes - VRT Channel Mediador: Amadeu Alban   Sobre os Webseminaristas:   Ludmila Figueiredo Jornalista com pós-graduação em Comunicação e Imagem, Ludmila é coordenadora de Aquisições e Licenciamentos do Canal Futura e Fundação Roberto Marinho, atuando ainda em parcerias, acordos de cooperação e coproduções internacionais. Iniciou sua jornada profissional na assessoria de imprensa e no jornalismo como produtora. Em seguida integrou a equipe de diferentes séries do Canal Futura e em projetos especiais ligados às áreas de Patrimônio, Meio Ambiente e Educação. Trabalhou como pesquisadora de conteúdo e iconografia na TV Globo para a produção da novela “O Profeta” e da minissérie “Amazônia – de Galvez a Chico Mendes” e foi produtora do “Globo Ecologia” na Raiz Savaget. É mãe, sagitariana e curte acrobacia aérea, uma paixão que já dura mais de 10 anos de prática.   Licínio Januário é ator, roteirista e cineasta. Nascido em Angola e há 10 anos Licínio vem construindo uma grande carreira em diferentes setores  artísticos no Brasil. Vencedor do  Prêmio Shell de Teatro na categoria inovação(2018) pela idealização e curadoria da Segunda Black, Licínio é um criadores do selo Tela Preta TV, um canal do YouTube com um um aglomerado de programas criados e dirigidos por pessoas negros. Licínio co-roteirizou produziu e dirigiu o curta metragem “A Namoradeira", que foi selecionado para festivais internacionais como “Rome Independent Prisma Awards”, o ARFF Barcelona International Awards” e o renomado  “Encontro de Cinema negro Zózimo Bulbul, Brasil, África, Caribe e outras diásporas ”. Em 2020 Licínio lança a plataforma de streaming Wolo TV, a primeira plataforma SVOD Brasileira que tem como foco produção, investir nas narrativas da população negra e conectar a indústria audiovisual dos países lusófonos.   Drica Lopes é Formada em roteiro pela University of Southern California, fundou em 2004 a Produtora Scripth Filmes, trabalhando com documentários, séries e filmes para tv. Em 2018, fundou com a sócia Serena Park a distribuidora Hanmaum, que trabalha com conteúdo audiovisual entre Brasil e Asia. Em 2021, foi a vez de se aventurar com os canais de streaming. O Canal VRT Channel estreiou no dia 28 de fevereiro de 2021, e o canal Asian TV estreiou no dia 18 de março. A importância da Animação na Grade de programação   Mediador: Amadeu Alban: é roteirista, diretor, produtor e sócio diretor criativo da Movioca CoAmadeu Alban é roteirista, diretor, produtor e sócio diretor criativo da Movioca Content House. São 20 anos de realização audiovisual que somam mais de 1.000 horas de programas de TV para canais como TVE Bahia, TV Salvador, Rede Bahia, TV Globo, TV Futura, TV Brasil, Discovery, Arte1, E!, Lifetime, GNT Portugal, SBT, TV Aratu e Canal Brasil. São 02 web séries, 14 curtas, 6 médias e 08 longas, premiados em mais de 40 festivais no Brasil e exterior. Juntamente com Paula Lice, é o criador do formato original Drag Me as a Queen, sucesso na TV Fechada do Brasil e América Latina pelo E! Entertainment Television, o formato também foi comercializado para ter sua versão holandesa produzida e estreada em julho de 2019 pelo canal BNNVARA, e a versão alemã pela TVNow/RTL.m, com estreia em Junho 2020. O formato foi finalista do TBI Content Innovation Awards 2019, na categoria Entertainment Format of the Year, concorrendo com BigBrother e Masterchef. Em 2019, lançou "Miúda e o Guarda-chuva", animação 2D que estreou no Festival Anima Mundi (Menção Honrosa). Também é co-produtor da série de animação "As Aventuras de Ami", em exibição na TVE Bahia e na plataforma PlayKids. Amadeu Alban
As instruções Normativas (IN) 125 e 150 à luz das últimas declarações da Secretaria Especial de Cultura voltado para os produtores audiovisual e games da Bahia e do Brasil   Paulo Alcoforado  Alice Portugal  Mediador: Em aberto Sobre os Webseminaristas:   Paulo Alcoforado - Hoje coordena a rádio Educadora FM, na Bahia, e presta consultoria a empresas brasileiras dos segmentos da economia criativa e para a administração pública relacionadas à organização do negócio e gestão empresarial, transação de direitos de propriedade intelectual e demais direitos autorais de cunho patrimonial, e acompanhamento à execução, rastreabilidade e prestação de contas. Foi diretor, secretário de políticas de financiamento da ANCINE, diretor da Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura e coordenador executivo do Programa DOCTV, tendo implantado versões internacionais na América Latina e CPLP.   Alice Portugal - Alice Portugal está em seu quinto mandato como deputada federal e está é a segunda vez que exerce a presidência da Comissão de Cultura. A outra foi em 2014. Ela também foi 2º vice-presidente da Comissão de Educação e 2º vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher em 2019-2020. Portugal é vice-líder da Minoria, e foi líder líder do PCdoB em 2017 e vice-líder do partido várias vezes. É filiada ao PCdoB desde 1979. Natural de Salvador (BA), Alice Portugal é farmacêutica bioquímica e ingressou na política por meio do movimento estudantil. Foi presidente por três mandatos do Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos da Universidade Federal da Bahia; deputada estadual da Bahia por dois mandatos. Entre outras, a deputada é autora da Lei 13.271/16, que proíbe revista íntima de funcionárias nos locais de trabalho, e da Lei 12.840/13, que destina ao patrimônio da União obras de arte apreendidas em operações ilegais, garantindo sua exibição à população brasileira. recursos-publicos-federais
As relações entre animação/ e ou games e as franquias transmídia. Estratégias de criação de histórias transmídias apresentando uma reflexão sobre as implicações do mercado nas produtoras de animação e games, as práticas transmídias no mercado nacional e internacional no que tange a dinâmica da indústria do entretenimento. São os assuntos que vamos abordar na mesa Transmídia na Animação e Games.    Rodrigo Lessa Joe Santos  Renata Lea Mediador: Victor Cayres   Sobre os Webseminaristas: Rodrigo Lessa Doutor em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela UFBA, Consultor Transmídia e professor de narrativa transmídia, audiovisual e marketing na Estação do Drama (UFBA), no Narrativas – Programa de Formação Audiovisual da Bahia e no Centro Universitário Ruy Barbosa. Autor dos livros “Seriados de TV e narrativa transmídia” (Edufba, 2020), “Estratégias de marketing para audiovisual: Além do básico” (Benditas, 2020) e “Criação e desenvolvimento de narrativas transmídias” (Benditas, 2020, em coautoria com Marcelo Lima). Integrante do grupo de pesquisa A-tevê (UFBA). Foi professor e pesquisador visitante na University of Hertfordshire (Reino Unido).   Joe Santos  Diretor de Artes na Unique Entretenimento Digital e autor de vários projetos, entre eles está os Guerreiros Folclóricos. Game que traz um visual inovador nas artes conceituais da nossa mitologia. Também criou o Cosmus (game em produção) que visa se tornar uma série animada para um público infantil, onde o visual dos personagens se baseiam em elementos do espaço contendo personagens, como o Dr. Lunar, Solaris, Cosmus, Bigbang, Minguante, Stelaris e outros. Recebeu o Prêmio como melhor Quadrinista independente de 2010 pela Divisão Brasileira de Artes pela Obra de Kuei e a senhora de Sávar. Artista Digital, hoje ele desenvolve Ilustrações e modelagens 3D voltados a projetos de games e animações.    Renata Lea Renata Lea é pesquisadora no campo de Transmídia, formada em Comunicação Social e pós-graduada em Marketing. Há mais de 20 anos atua no mercado editorial, destacando-se em sua experiência no desenvolvimento de produtos, além de atividades de ghostwriting. Em paralelo, desde 1999 desenvolve projetos web e pesquisas narrativas de entretenimento. É membro da Associação EraTransmidia e participa das discussões a relacionadas às novas tecnologias e seus reflexos na maneira como se conta uma história.   Mediador: Victor Cayres Victor Cayres é doutor em Artes Cênicas (UFBA), com estágio doutoral na Université de Lorraine, França, e pós-doutorado em Educação e Contemporaneidade (UNEB). Como roteirista, trabalhou em projetos para Teatro (Quarto de Casal, 2005; Véu Carmim, 2011), Animação (Miúda e o guarda-chuva, projeto de série - Santo Forte 2010; longa- metragem - Movioca, 2019) e games (Cosmopolitan Egito e Liderança Feminina - Sinergia Games, 2015), atua ainda como game designer (Venda+ Starret, 2018;  Gamifica Senai, 2019) e também presta consultorias nas áreas de roteiro e game design (Gamebook: Guardiões da Floresta - UNEB, 2015; Educação Livre - Unesco, 2016; Divercult – UNEB, 2019). Como professor, atuou na graduação, pós-graduação e cursos de aperfeiçoamento (UFBA, UNEB, SENAC, Estácio, UNIJORGE). Atualmente trabalha no desenvolvimento do universo ficcional transmídia para infância Odoyá, roteirizando o jogo e o curta-metragem de animação, em co-produção com Unique Entertainement e Sinergia Games. Victor Cayres
Nesta mesa teremos a presença de animadores brasileiros que estão atuando no mercado nacional e internacional da animação. Eles vão dividir com o público suas respectivas trajetórias e como construiram suas carreiras e alcançaram seus objetivos.   Evanildo Pereira (Animact Studio) Ivan Oviedo (Disney) Alan Camilo (Sony Animation)  Paulo Ignez Mediador: Anderson Soares   Sobre os Webseminaristas:   Evanildo Santos (Animact Studio) Evanildo Santos participou do longa metragem “The Princess and the Frog” (Disney), também atuou como animador sênior na nova série das Tartarugas Ninjas “Rise of the Teenage Mutant Ninja Turtles”(Nickelodeon). Há mais de 20 anos trabalhando como animador no mercado de animação, participou em filmes de publicidade, curtas metragens, série de TV e Longas metragens. Atualmente é Sócio fundador da Produtora Animact Studio, sendo parte responsável pela direção de animação e produção da 3ª temporada do “Sítio do Pica-pau Amarelo” em desenho animado (Cartoon NetWork), Turma da Mônica (Cine Gibi) e muitos outros. Dentre vários projetos idealizados e realizados, atualmente é um dos principais responsáveis pela qualificação de mão de obra para o mercado de série de animação aqui no Brasil, através do seu curso Online, tendo muitos dos seus ex-alunos seguindo carreira internacional para grandes players do mercado de série mundial. Alan Camilo (Sony Animation):  Alan Camilo começou a trabalhar como animador 2D tradicional em 2004 para dois longas e dois curtas. De 2007 a 2011, trabalhou em uma variedade de projetos, incluindo um longa-metragem, curtas-metragens, cinemática de jogos e comerciais. Em 2012 mudou-se para Vancouver BC, onde trabalha como animador sênior desde então.   Alan Camilo (Sony Animation): Animador da Disney Animation Studios e professor da BLUE SCHOOL. Com 20 anos de experiência ja trabalhou em curtas e filmes publicitários. Atualmente na Disney, foi responsável por criar os personagens do curta PUDDLES (Disney+) e trabalhou nos filmes ZOOTOPIA, MOANA, WI-FI RALPH, FROZEN 2 e RAYA E O ÚLTIMO DRAGÃO.   Paulo Ignez Animador e Character Designer desde 2002. Trabalhou em diversos longas metragens como Proud Family (Disney Channel), Mônica e a Máquina do Tempo (Labo Cine Digital), A Princesa e o Sapo (Disney Feature Animation). Além disso, participou da produção de dezenas de comerciais para a Pepper Films, uma das maiores produtoras Norte-americanas no segmento da publicidade. Foi supervisor de animação no estudio R&R animation films e atualmente trabalha como supervisor de animação e character design para o mercado de games e animação, como também ministra dois cursos na ICS escola de arte e 3D.    Mediador: Anderson Soares Caldas Baiano nascido em Salvador, fundador da produtora Cine Arts, é diretor cinematográfico, roteirista, produtor executivo, fotógrafo, educador e publicitário pela UCSAL – Universidade Católica do Salvador. Criador e diretor do Cine Arts Projeto de Extensão - UNEB, vem atuando por meio de oficinas profissionalizantes para a formação de jovens e adultos para o mercado cultural e no audiovisual baiano certificando mais de 1000 egressos desde 2007. É membro funddor da Associação de Produtores de Animação e Games - GAMA. Também é membro fundador da TV Kirimurê (Canal 10.3) - primeiro e único canal da cidadania do país. Com mais de 20 anos de atuação no audiovisual, tem em sua carreira mais de 300 obras audiovisuais entre ficção, documentário, animação e programa de TV, videoclipe das quais destacamos Pequeno Gigante, Pedro e a Pedra Secreta, Festival aqui de Casa, @pequenogigante.serietv @pedroeapedrasecreta @festivalaquidecasa, Floradas na Trilha da Agroecologia (Série - doc), Xiré (série - animação), Portão Mágico (série - animação), Marisqueira Guerreiras da Maré (telefilme - doc) e Coração Guiné - A Última Tragédia (longa-fic.) vencedor do CPLP 2015, Coprodução Brasil - Guiné Bissau. A trajetória do Animador
Exibição do curta “Filmes de Animação” (Dir. de Fotografia Walter Carvalho), uma entrevista com Chico Liberato que faz parte do Programa Cinemateca, Ep. 120, veiculado na TVE do Rio de Janeiro em 02/10/1978 - uma homenagem a história da Animação na Bahia. Em exibição no nosso portal de 06 a 10 de abril e 2021. Curta Filmes de Animação

PALESTRAS

De 06 a 10 de abril de 2021


Nesta palestra Pedro Minho vai apresentar sua abordagem para desenvolver cenários / cores e luz para projetos como a série baiana Pedro e a Pedra Secreta entre outros. Falará sobre a preparação e comunicação visual, pipeline de produção, visualizar problemas antecipadamente e mostrará um pouco o dia a dia de um artista durante uma produção, do briefing até o resultado final. Pedro Minho é Natural de Salvador-Ba, atualmente reside em São Paulo desde 2014, trabalhando com desenvolvimento visual para animação, com foco em design de cenários e design de cor e luz . Atua no mercado nacional e internacional, com produtoras como Mantra Filmes, Gullane Entretenimento, Vetor Zero, SHEDmtl, colaborando para projetos de série para canais como o canal Disney e Discovery kids, comerciais, cinematics e longa metragens. Pedro Minho
A palestra aborda as noções básicas de transmidiação de conteúdos, com enfoque na narrativa transmídia, nas franquias multiplataformas e no marketing. A palestra propõe uma metodologia de exercício criativo para fomentar a expansão de mundos narrativos nas indústrias da animação e dos games, na qual são apresentadas as principais estratégias de criação transmídia. Rodrigo Lessa é Doutor em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela UFBA, Consultor Transmídia e professor de narrativa transmídia, audiovisual e marketing na Estação do Drama (UFBA), no Narrativas – Programa de Formação Audiovisual da Bahia e no Centro Universitário Ruy Barbosa. Autor dos livros “Seriados de TV e narrativa transmídia” (Edufba, 2020), “Estratégias de marketing para audiovisual: Além do básico” (Benditas, 2020) e “Criação e desenvolvimento de narrativas transmídias” (Benditas, 2020, em coautoria com Marcelo Lima). Integrante do grupo de pesquisa A-tevê (UFBA). Foi professor e pesquisador visitante na University of Hertfordshire (Reino Unido). Rodrigo Lessa
Nesta Palestra Jarbas Éssi vai trazer os caminhos criativos adotados na Sala de Roteiro de Pedro e a Pedra Secreta e como eles estão trabalhando para o desenvolvimento deste projeto como uma franquia com arco dramático para 3 temporadas, um longa, um espetáculo teatral, uma série de doc sobre a franquia. Jarbas Éssi é professor de Língua Portuguesa e de roteiro no Cine Arts. Além disso, é poeta, compositor e psicólogo. Assina os roteiros das seguintes obras: Pedro e a Pedra Secreta– Série de Animação 3D infanto-juvenil de (6 Ep. 26 min.) - PRODAV 01/2013 em produção. Portão Mágico – Série de animação de 10 episódios de 7 min. Edital TV`s Públicas 2018. Coração Guiné – Vencedor do Prêmio CPLP 2015 para desenvolvimento de Longa, uma Coprodução internacional Brasil - Guiné-Bissáu; Foi Assistente de Direção e um dos roteirista da série Pequeno Gigante (TVE e TV Cultura). É roteirista da série Kirimurê – Uma Aventura na Baía de Todos os Santos série documental de (05 Ep. De 26 min.) -Travel Box Brasil; Floradas – Na Trilha da agroecologia Série documental (08 Ep. 26 min.) - PRODAV 02 TVE- BA; Suas realizações como roteirista se destacam principalmente com longas de ficção com temática de suspense psicológico: Sete Luas, O Guardião das Flores, e O Cineasta Jarbas Éssi
Nesta palestra, Diego Medeiros apresentará os principais pontos indispensáveis a serem observados nos acordos entre realizadores, produtores e autores na produção de conteúdo de animação e games. Diego Medeiros é sócio fundador do escritório Sales e Medeiros Advogados. Formado em Direito na Faculdade de Direito do Recife, Universidade Federal de Pernambuco. Pós-graduado em Direito Contratual pela Universidade Federal de Pernambuco. Mestre em Indústrias Criativas pela Universidade Católica de Pernambuco. Larga experiência em assessoria e consultoria para cinema, audiovisual e projetos artísticos há mais de 15 anos. Consultor jurídico dos filmes AQUARIUS (Cannes,2016) e BACURAU (Cannes, 2019, vencedor do prêmio de melhor filme do júri oficial). Diego Medeiros
Criador das SUPER DRAGS (Netflix) e da ANY MALU (Cartoon Network). Produtor Executivo Criativo, Diretor, Animador, Concept Artist e Escritor. Atua no Audiovisual Brasileiro há 21 anos, tendo no curriculo os longa-metragens XUXINHA E GUTO CONTRA OS MONSTROS DO ESPAÇO, TURMA DA MONICA - UMA AVENTURA NO TEMPO, e séries como MEU AMIGÃOZÃO, SÍTIO DO PICA PAU - AMARELO, entre outros. Anderson vai nos contar sua trajetória como criador de animações de sucesso. Anderson Mahanski
Victor Cayres é doutor em Artes Cênicas (UFBA), com estágio doutoral na Université de Lorraine, França, e pós-doutorado em Educação e Contemporaneidade (UNEB). Como roteirista, trabalhou em projetos para Teatro (Quarto de Casal, 2005; Véu Carmim, 2011), Animação (Miúda e o guarda-chuva, projeto de série - Santo Forte 2010; longa- metragem - Movioca, 2019) e games (Cosmopolitan Egito e Liderança Feminina - Sinergia Games, 2015), atua ainda como game designer (Venda+ Starret, 2018;  Gamifica Senai, 2019) e também presta consultorias nas áreas de roteiro e game design (Gamebook: Guardiões da Floresta - UNEB, 2015; Educação Livre - Unesco, 2016; Divercult – UNEB, 2019). Como professor, atuou na graduação, pós-graduação e cursos de aperfeiçoamento (UFBA, UNEB, SENAC, Estácio, UNIJORGE). Atualmente trabalha no desenvolvimento do universo ficcional transmídia para infância Odoyá, roteirizando o jogo e o curta-metragem de animação, em co-produção com Unique Entertainement e Sinergia Games.   À medida que os games foram se tornando um produto cultural cada vez mais complexo, o papel da construção da narrativa nesse meio ganhou mais relevância. O desenvolvimento dos jogos, aparece portanto como uma possibilidade de atuação para roteiristas e conhecer as especificidades da mídia é fundamental para quem deseja atuar nessa área. Nessa palestra, abordaremos alguns pontos chave para a composição de roteiros para videogames, pensando especialmente nos modos próprios de se contar histórias no contexto de uma ação, não apenas interativa, mas jogável. Victor Cayres
A partir do curta “Filmes de Animação” (Dir. de Fotografia Walter Carvalho), uma entrevista com Chico Liberato que faz parte do Programa Cinemateca, Ep. 120, veiculado na TVE do Rio de Janeiro em 02/10/1978, vamos fazer uma homenagem a história da Animação na Bahia com a presença de Alba Liberato e Marcos Magalhães.  Alba Liberato, Alba Liberato, poetisa e roteirista, ao lado do  cineasta Chico Liberato, representam o pioneirismo do cinema de animação na Bahia e no Brasil, pela contribuição em originalidade temática e inovação de linguagem.  Tem em seu curriculo a produção de 12 curtas em animação e dois longas, Ritos de Passagem/2012 e Boi Arua/ 1985, que foi o  primeiro longa de animação do Norte, Nordeste e Centro Oeste do Brasil e o quinto longa em animação brasileiro. Por este filme recebeu a Menção Honrosa no Festival Internacional I FEST- RIO, Prêmio da UNESCO,  Menção Honrosa do Centro Internacional da Infância e Juventude/ Festival da Juventude de Moscou - Rússia. Contemplado com o selo do CIFEJ (Centre International du Film pour l'Infance et la Jeunesse) “Referência de Valores Culturais para a Infância e Juventude”, prêmio da UNESCO. Marcos Magalhães é Cineasta de animação autor de Meow! (Prêmio Especial do Júri no Festival de Cannes), Animando (filmado no National Film Board of Canadá) e do Ratinho de massinha do Castelo Rá-Tim-Bum, entre muitos outros. Professor Doutor de Animação na PUC-Rio. É um dos Fundadores e Diretores do ANIMA MUNDI. Chico Liberato
Nesta Palestra Leonardo Silva vai apresentar tudo o que você precisa saber, o passo a passo para produzir uma animação partindo da ideia até chegar no produto final. Leonardo Silva É o fundador da Mantra Filmes, é publicitário de formação, diretor, roteirista e produtor audiovisual, presidente da Associação dos Produtores de Animação e Games - GAMA, atua no mercado audiovisual com produções de animação, documentário, ficção e game, projetos dedicados para todos os públicos, dos quais destacamos: “A Turma do Pula-Pula – Série de animação de clips infantis em exibição no Zoo Moo e Sucesso no youtube”; @pedroeapedrasecreta - série de animação 3D em produção, 6 Ep. 22min(Prodav 01/2013)”; “I.N.U.T.H.E.I.S. - série Infanto-juvenil de 13 Ep. De 26 minutos desenvolvida (PRODAV 05/2015)”; “Floradas - Na Trilha da Agroecologia – série de documentário em produção de 08 Ep. 26min (Prodav 02/2016)”; “O Portão Mágico – série de animação infantil 3D para exibição nas TV`s Públicas”; Como Produtor Executivo: “Reino da Bahia – Série de ficção (comédia) com 13 Ep. De 15 min. Em desenvolvimento (Edital Setorial do audiovisual – Secult/Ba - FSA)”; “Xiré – Série de animação (adulta) com 08 Ep. De 22 min. Em desenvolvimento (Edital Setorial do audiovisual – Secult/Ba - FCBA)”; “Elderand – Game em produção em parceria com a Sinergia Games”. Leonardo Silva
Hugo Canuto falará sobre os processos criativos e mostrará parte do seu próximo projeto, que está em desenvolvimento, páginas e esboços.  Hugo Canuto (Salvador, 1986) é ilustrador e autor de Histórias em Quadrinhos, graduado em arquitetura. Busca expressar através do seu trabalho a relação entre arte, culturas e mitos do Brasil e América Latina. Publicou o álbum Contos dos Orixás (120 páginas, 2019) que adapta as grandes histórias da cultura Yorubá e sua descendência para a linguagem dos quadrinhos, vencedor do prêmio angelo Agostini como Melhor lançamento e indicado entre os finalistas ao prêmio Jabuti na categoria Histórias em Quadrinhos.  Atualmente desenvolve o projeto “A Canção de Mayrube”  e o segundo volume da série ``Contos dos Orixás ``. Hugo Canuto

WORKSHOPS

De 06 a 10 de abril de 2021


Neste Workshop, Evanildo Santos falará sobre o método que transformou a sua carreira de iniciante em uma carreira de sucesso como animador e dono de estúdio de animação. Por meio do compartilhamento desse método, Evanildo tem ajudado na transformação de muitos aspirantes e profissionais que almejam conquistar o seu espaço no mercado de animação, nacional e internacional. Evanildo Santos participou do longa metragem “The Princess and the Frog” (Disney), também atuou como animador sênior na nova série das Tartarugas Ninjas “Rise of the Teenage Mutant Ninja Turtles”(Nickelodeon). Há mais de 20 anos trabalhando como animador no mercado de animação, participou em filmes de publicidade, curtas metragens, série de TV e Longas metragens. Atualmente é Sócio fundador da Produtora Animact Studio, sendo parte responsável pela direção de animação e produção da 3ª temporada do “Sítio do Pica-pau Amarelo” em desenho animado (Cartoon NetWork), Turma da Mônica (Cine Gibi) e muitos outros. Dentre vários projetos idealizados e realizados, atualmente é um dos principais responsáveis pela qualificação de mão de obra para o mercado de série de animação aqui no Brasil, através do seu curso Online, tendo muitos dos seus ex-alunos seguindo carreira internacional para grandes players do mercado de série mundial. Inscrições: de 30 de março a 05 de abril de 2021 Evanildo Santos
Neste workshop, Jamile Coelho, apresenta um panorama de suas produções, dificuldade, soluções e engenhosidade na realização de produtos audiovisuais inovadores, que mesclam tecnologia e tradição, a partir projetos fílmicos inspirados em  histórias do imaginário popular e na oralidade das narrativas de matrizes africanas, valorizando a nossa cultura e criando um diferencial competitivo nos mercados nacionais e  internacionais. Jamile Coelho é Bacharel em Artes com habilitação em Cinema e Audiovisual pela UFBA — premiada nacional e internacionalmente. Especializou-se em direção, direção de arte e desenvolvimentos de novas tecnologias, a partir de estudos com realidade aumentada (AR) e realidade virtual (VR), que busca modos de barateamento e acessos a essas tecnologias. Dirigiu e fez direção de arte do premiado curta "Òrun Àiyé: A Criação do Mundo", “Corações Encouraçados” e “A Menina e o Rio”. CEO do Nubas. Diretora das séries “Circuito Negro” (2018) e “Aqualtunes” (2018), atualmente dedica-se a produção e finalização dos longas metragens: “Cores da Diáspora” (rodado em Angola) e “Encruzilhadas da Liberdade”, baseado no livro “Corujebó: Candomblé e Polícia de Costumes” do professor doutor Vilson Caetano. Diretora de arte do longa-metragem “Um dia com Jerusa”. Atenta ao que há de mais atual no desenvolvimento de novas tecnologias para o campo audiovisual, Jamile Coelho em parceria com Cintia Maria, criou em 2011 a Estandarte, produtora independente que atua principalmente na área de animação, mesclado técnicas e linguagens, a diretora vem mudando o modo de produção no estado, a partir de processos que tornam mais acessíveis técnicas como stop motion, realidade virtual, realidade aumentada, animação 2D e 3D. Mesclando robótica com elementos artesanais, a Estandarte produziu em 2015, Òrun Àiyé - A Criação do Mundo, premiado nacional e internacionalmente, o filme tornou-se objeto de pesquisa em tese doutorado na Universidade de Brasília e em trabalho apresentado na Sorbonne em Paris. Desenvolvido com animação stop motion, o curta foi produzido a partir de 30 mil fotos e gerou postos de trabalhos diretos e indiretos, movimentando a economia criativa local. Em “Corações Encouraçados”, a diretora combinou um conjunto de técnicas de modelagem, maquetes, escaneamento de modelos reais, animação 3D, tecnologia de game e renderização em tempo real. Sendo possível criar ambientes que permitem ao público uma experiência de imersão em 360º, através de óculos VR (realidade virtual) e cards interativos AR (realidade aumentada), o projeto é primeiro filme brasileiro produzido em tecnologia de game, multi plataformas. Jamile Coelho
Moa, Ave de Rapina, é o terceiro clipe de músicos baianos realizado por Marco Alemar. No Workshop, será apresentado como foi feito esse trabalho, utilizando uma poderosa engine de games, Unreal Engine, para produzir vídeos. Usando os mais novos recursos para animação, Alemar produziu toda a animação contando apenas com ele mesmo e a poderosa música de MOA. Cenários imensos, renderização em real time, motion capture, captura de movimentos labiais, além de toda a possibilidade de ter personagens, ao mesmo tempo para utilização em vídeos e games.   Marco Alemar criou, roteirizou, fez storyboards, animou e dirigiu diversos filmes de animação, publicitários e institucionais, além de ter criado e dirigidolongas metragens de animação. Produtor e diretor de “Pixcodelics”, série para televisão de desenhos animados com 65 capítulos para o Cartoon Networks América Latina, Animania USA e Disney Japão. Profissional do Ano Rede Globo de Televisão 1999. Inscrições: de 22 a 05 de abril de 2021 Marco Alemar
O Ator de Voz - Técnicas de atuação para desenhos animados e dublagem com o Diretor Marcello Trigo. No Workshop, será apresentado a técnica do ator no trabalho de voz para animação e dublagem, o mercado de trabalho e como se adaptar ao novo normal. Marcello Trigo começou a carreira como ator de voz fazendo pontas na Herbert Richers e hoje é um dos mais reconhecidos atores de voz do Brasil, somando no currículo trabalhos em publicidade e animação. Marcello Trigo
Neste workshop Ana Antar trará um apanhado sobre a indústria de Games, os primeiros passos para quem quer entrar na área e como montar um time. A diferença entre indie e AAA, além de trazer as principais atividades para desenvolvimento de Games.  Ana Antar é Co-fundadora da ERA Game Studio, empresa responsável pela criação do primeiro Live Game do mundo. É organizadora nacional da Women Game Jam. Diretora Teatral formada pela UFBA, Pós Graduada em Game Design pela UNEB, desenvolvedora de jogos, gerente de projetos, roteirista, produtora e articuladora cultural. Apresenta um programa semanal em seu canal do youtube, onde aborda o dia a dia de ser game dev e busca horizontalizar e desmistificar o conhecimento acerca do desenvolvimento de jogos. Declaradamente feminista e antirracista, trabalha para que tenhamos uma indústria mais acessível e menos desigual. Ana Antar
Neste Workshop as duas animadoras irão apresentar suas experiências e dicas além de falarem quais suas estratégias utilizadas para conquistarem espaço no mercado de Animação nacional e internacional.  Karina Monteiro é Pernambucana, apaixonada por cinema e animação, que hoje vive fazendo o que ama. Trabalha com seu esposo Flavio Monteiro na indústria da animação há 3 anos, dando vida a projetos incríveis. Moram em Curitiba, de onde trabalham para vários estúdios nacionais e internacionais, em projetos de longa-metragem, curtas, séries para TV e filmes publicitários. Entre os projetos mais conhecidos estão as séries 'Rick and Morty' (Netflix), 'Paradise PD' (Netflix), 'As Aventuras de Arquibaldo' (Dreamworks), e o longa-metragem 'Nahuel e o Livro Mágico' que foi indicado ao Annecy 2020. Dandara Oliveira tem 27 anos, mulher, preta, baiana, animadora e ilustradora. Apaixonada por desenho animado, grafite e sereismo, É graduanda em Design na UFBA. Teve seu primeiro contato com animação em um projeto da empresa júnior Alinhavo na faculdade. Atualmente trabalha na Mantra Filmes em alguns projetos como “A Turma do Pula-pula” (exibida na Zoo Moo e Hoje na TVE-BA, além de ter mais de 4 milhões e oitocentos mil visualizações no Youtube), “Prospecta Jones”, “Xirê”, “Pedro e a Pedra Secreta” e futuramente no seriado “O Portão Mágico”. Mercado Animacao